Dr. Domingos Q. De Paola

CRM i52.106980-2

​- Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP;

- Membro da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética - ISAPS;

- Membro da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica Estética - ASAPS;

- Membro da Academia Americana de Cirurgia Cosmética - AACS;

- Membro do Colégio Internacional de Cirurgiões - FICS;

Siga-nos: 

youtube-512.png

Rua Siqueira Campos, 93 - Sala 605

Ed. Copacabana Medical Center

Rio de Janeiro / RJ - Brasil

Tels : (21) 2256-3768(21) 2235-6013

Whatsapp: (21) 99994-8124 / (21) 97553-1933

domingosdepaola@hotmail.com

Segunda a sexta das 09:00 às 19:00

      Utilizados desde o final década de 50' os implantes mamários de silicone foram a grande sensação dos anos 50'e 60' para a correção de todas as deformidades mamárias. O tempo, e o aparecimentos de problemas como a formação de cápsulas endurecidas e retrateis, em quase 25% dos casos, obrigou os fabricantes a buscarem aprimoramentos na qualidade dos implantes ao longo destes quase 50 anos. 


      Após tantos anos de angústia procurando o melhor tipo de implante, ainda não temos o ideal, mas o percentual de problemas, hoje, baixou a menos de 1%. O tipo de silicone mudou muito, assim como seu invólucro, mudanças estruturais fundamentais ocorreram para chegar aos modernos implantes de silicone coesivo com invólucros texturizados.

      A grande vantagem do conteúdo de gel coesivo é que mesmo com a ruptura do invólucro o silicone não se espalha, é como uma cola, ele fica no local sem causar nenhum dano ao paciente, enquanto o invólucro texturizado impede a formação da cápsula retrátil, tão temida no passado. 

 

      A cirurgia é extremamente simples, feita sob anestesia local e sedação oral. Dura cerca de 40 minutos e, após passar 2 horas e meia na clínica a paciente volta para casa normalmente. Com 1 semana se retira o curativo especial (esparadrapo elástico) e os pontos e à partir daí - vida normal!

 

      Pela simplicidade do procedimento e ausência de cicatrizes visíveis este método tem sido o preferido para a correção de 80% dos problemas estéticos das mamas. Só mesmo em caso de mamas muito grandes ou muito flácidas indicamos, hoje em dia, a plástica convencional. 

Veja a explicação dos procedimentos, passo a passo em 3D:

Linha do tempo do Pós-operatório

7 dias

Fim do repouso absoluto, liberado movimentar braços porém evitar carregar peso.

21 dias

Retorno a direção e exercícios leves.

45 dias

Retorno as atividades físicas normais. Fim do uso do sutiã cirúrgico.

2 meses

6 meses

Liberado dormir de bruços.

Resultado final com absorção da maior parte do edema.